Serviços de construção

Cargas atuando em edifícios

As cargas que atuam sobre os edifícios podem ser amplamente divididas em dois grupos, a saber, geofísica e induzida pelo homem.

As cargas geofísicas são causadas por mudanças que ocorrem na natureza e pode-se distinguir as cargas causadas pela gravidade, fenômenos meteorológicos e sísmicos.

O conjunto de cargas causadas pela gravidade inclui cargas permanentes e variáveis ​​decorrentes da atividade humana durante o uso do edifício. As cargas meteorológicas mudam ao longo do tempo e dependem da localização geográfica da estrutura. Essas cargas incluem: ação do vento, temperatura, chuva, neve e gelo. Cargas sísmicas e parasitísmicas são causadas pelo movimento do subsolo.

As cargas podem atuar na edificação de forma estática ou dinâmica. As cargas podem ser constantes e variáveis.

A carga permanente é a carga, cujo valor, a direção e a posição permanecem as mesmas ao longo da vida da estrutura. Cargas permanentes incluem o peso próprio de elementos e estruturas fixas de construção, incluindo suporte de carga e elementos de cobertura, próprio peso do solo e a pressão resultante.

Uma das cargas variáveis ​​é a carga, cujo valor, a direção e a posição podem mudar durante a vida da estrutura. Cargas variáveis ​​são divididas em: totalmente duradouro, parte de longo prazo e parte de curto prazo.

Cargas totalmente de longo prazo incluem o peso próprio dessas partes da estrutura, cuja posição pode mudar durante o uso da estrutura, e o próprio peso de dispositivos permanentemente conectados com o uso de edifícios, etc..

Cargas de longo prazo incluem cargas de teto em salas de armazenamento, industrial, residencial, cargas de equipamentos de elevação e transporte, por exemplo.. pontes rolantes, o fardo das pessoas, equipamentos e materiais em locais onde as máquinas são reparadas, etc..

Cargas totalmente de curto prazo incluem cargas de neve, o vento, o efeito da temperatura de origem climática e cargas que surgem durante a execução, transporte e montagem de estruturas de edifícios, etc..

No projeto de elementos estruturais e sistemas de construção, cargas constantes e variáveis ​​são levadas em consideração, que pode ocorrer durante a construção (montagem da estrutura) ou durante a vida útil da estrutura.

O valor menos favorável das cargas totais é levado para os cálculos.

Cargas permanentes nos elementos, estruturas e estruturas são determinadas com base nas dimensões projetadas ou existentes dos elementos (volume m3) e os pesos volumétricos padrão dos materiais usados. As cargas obtidas desta forma (Gk) são chamados de cargas características.

Forças internas (M - momento, N - força axial, Q - força de cisalhamento) em sistemas estruturais é determinado usando os métodos da mecânica de construção, a teoria da elasticidade ou plasticidade.

De acordo com os regulamentos e normas técnicas aplicáveis, as seções transversais estruturais são dimensionadas usando o método do estado limite.