Serviços de construção

REQUISITOS DE CONSTRUÇÃO E EDIFÍCIOS

Superestrutura, expansão ou reconstrução de um objeto de construção deve ser precedida de um exame da capacidade de carga e condição técnica dos elementos estruturais existentes, levando em consideração o subsolo.

As paredes que circundam as salas devem atender aos requisitos de isolamento térmico e acústico especificados nos regulamentos e normas, e, se necessário, estanque ao gás e adaptado às condições ambientais e ao uso do edifício.

Os tetos devem ser caracterizados por isolamento acústico e amortecimento de sons de impacto, além disso, as ligações das paredes externas ao nível de cada forro devem ser feitas de forma a garantir a estanqueidade e o isolamento acústico, evitando a propagação de fogo e fumo de um piso para outro..

A forma do telhado e a inclinação do telhado dependem das condições climáticas, projeto arquitetônico e o tipo de cobertura usada. Telhados em edifícios com altura acima 15 m acima do nível do solo deve ter declives que permitam a drenagem de água para tubos de drenagem internos. Em um prédio independente com altura de até 4,5 me a área do telhado para 100 m2, é permitido não fazer sarjetas e algerozes, desde que os beirais sejam devidamente moldados.

O layout de comunicação vertical e horizontal no edifício deve ser adaptado às necessidades de utilidade e evacuação e permitir o transporte conveniente de móveis e macas na posição horizontal. A largura utilizável do lance de escadas e patamar em casas unifamiliares é assumida pelo menos 80 cm, enquanto em edifícios multifamiliares, essas larguras são: corrida 120 cm, pousar 150 cm. A altura do degrau em casas unifamiliares não deve ser superior a 19 cm, e em casas multifamiliares 17,0 cm.

A inclinação do lance de escada interna deve atender a condição determinada pela fórmula

2h + s = 60 ÷ 65 cm, onde h - altura do degrau, s - largura do passo.